sexta-feira, 24 de julho de 2015

Bovino e bubalino registram redução média de preço de 4,89%

O Diário Oficial do Estado (DOE), divulgou a nova pauta de valores referenciais para cobrança de ICMS de bovino e bubalino para abate. Levantamento da Coordenação de Pesquisa Mercadológica da Gerência de Inteligência e Informações Econômico-Fiscais (Gief), da Secretaria da Fazenda, aponta que houve redução média de preços de 4,89% para os dois grupos de gado destinado ao abate, conforme apurado nas últimas quatro semanas deste ano.

O gado bovino para abate, fêmea, de 13 a 24 meses, passou de R$ 1.577,43 para R$ 1.533,08 a cabeça, enquanto o macho de mesma idade subiu de R$ 2.522,71 para R$ 2.399,40 a cabeça. O gado bubalino, também para abate, fêmea, de 25 a 36 meses, registrou queda de preço de R$ 1.534,37 para R$ 1.523,81 a cabeça, enquanto o macho de mesma idade passou de R$ 2.454,96 para R$ 2.385,95 a cabeça.

A nova pauta consta na Instrução Normativa nº 033/15 da SRE, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta- feira, 22, e no site da Sefaz www.sefaz.go.gov.br nos menus legislação/legislação tributária/normas recentes e serviços/pauta de valores referenciais do ICMS/consulta/demais mercadorias por grupo.

Fonte: Redação.

Publicidade

Publicidade

Arquivo