sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Agenda Goiás discute Parcerias Público-Privadas em Luziânia

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, representou o governador Marconi Perillo na abertura da 8ª edição do Fórum Agenda Goiás, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal

Os encontros são promovidos pelo Grupo Jaime Câmara e jornal O Popular, com apoio do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Em seu discurso, José Eliton disse que as sugestões dos fóruns são contribuição efetiva para a formulação de políticas públicas que ampliem o desenvolvimento econômico, social e político de Goiás. “É hora de repensar o Brasil”, disse ao defender a ampliação de Parcerias Público-Privadas (PPPs), o tema central do encontro. Sobre a iniciativa do fórum, ele destacou: “É a oportunidade para o cidadão se manifestar e cabe ao governo transformar os anseios em realidade, com a participação de todos”.

O secretário de Gestão e Planejamento (Segplan), Thiago Peixoto, destacou a visão de modernidade representada pelo mecanismo das Parcerias Público-Privadas. Segundo o superintendente do Sebrae, Igor Montenegro, é possível avançar mais no desenvolvimento de PPPs. “Esse é o modelo mais evoluído para se investir”, disse. O vice-presidente de Jornais do Grupo Jaime Câmara, Maurício Duarte, destacou a importância do evento. “É o debate no dia a dia de temas que fomentam o crescimento do Estado”, afirma.

O prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin destacou que seu município receberá dezenas de novas investimentos empresariais nos próximos anos graças à capacidade de articulação dos poderes estadual e municipal.

O Agenda Goiás abrange fóruns em dez cidades-polos regionais com debates em três eixos principais: qualidade de vida, competitividade e gestão de resultados. Os encontros visam reunir sugestões de políticas públicas, além de traçar um perfil de cada região e propor estratégias de desenvolvimento sustentável para os próximos 10 anos em Goiás.

Publicidade

Publicidade

Arquivo