segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Lista dos favoritos para as prefeituras do Entorno do DF

Lista dos favoritos para as prefeituras do Entorno do Distrito Federal

Cida do Gelo, Daniel do Sindicato, Ernesto Roller, Marcelo Melo, Sônia Chaves, Padre Getúlio, David Lima, Claudiênio e Pábio Mossoró

Águas Lindas — Geraldo Messias (PP) é, eleitoralmente, consistente. O prefeito Hildo do Candango (PTB), devido ao controle da máquina, tem alguma chance. Túlio Santillo, ex-PT, é popular no município. É uma espécie de Antônio Reguffe.

Alexânia — O quadro político do município é o pior possível. O prefeito Ronaldo Queiroz, do PMDB, não está bem (pode bancar um secretário). A ex-prefeita tucana Cida do Gelo não fez uma gestão eficiente. Ante o desânimo do peemedebista, passa a ter alguma chance. O ruralismo, ligado ao presidente da Federação da Agricultura de Goiás, José Mário Schreiner, pode lançar um nome de peso.

Cidade Ocidental — A prefeita Gisele Araújo, que enfrenta problemas judiciais, é apontada como carta fora do baralho até por aliados (não tem o apoio do vice-prefeito e de vereadores). O deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF) deve bancar um ex-vereador. “Contra Gisele Araújo qualquer um passa ser favorito”, afirma um rossista. Subestimar a força da máquina nunca foi uma boa ideia no Entorno de Brasília.

Cristalina — Daniel do Sindicato, do PSB, é favorito. Disparado. O vice-prefeito João Fachinello, do PSDB, não tem carisma e, para piorar, é bancado pelo prefeito, o desgastado Luiz Carlos Attié (PSD).

Formosa — Nas ruas dos ricos, da classe média e dos pobres ouve-se a mesma coisa: o nome e o sobrenome do próximo prefeito começam com a vogal “E” e com a consoante “R”. Trata-se do deputado Ernesto Roller (PMDB). O único que ainda tem condições de pressioná-lo é Sebastião Caroço Monteiro (se disputar, deve ser pelo PSDB).

Luziânia — Até as crianças comentam que o próximo prefeito tem “mar” no nome e “mel” no sobrenome, quer dizer, Marcelo Melo. O tucano é favoritíssimo. Direta ou indiretamente, o prefeito Cristóvão Tormin (PSD), que faz uma gestão das piores da história do município, é seu principal “cabo eleitoral”.

Novo Gama — A favorita é a ex-deputada Sônia Chaves, do PSDB. Faz um trabalho silencioso. O prefeito Everaldo do Detran (PP), com problemas na Justiça, faz uma gestão desgastada e contestada.

Padre Bernardo — O prefeito Claudiênio (Francisco de Moura Teixeira Filho), até por falta de concorrentes à altura, é o favorito.

Planaltina de Goiás — O nome que está na boca dos eleitores é do médico David Lima. O prefeito Eles Reis de Freitas (PTB) está desgastado, mas confia na máquina. O delegado Cristiomário Medeiros pode surpreender.

Santo Antônio do Desco­berto — Padre Getúlio (PSB) é o franco favorito. Conhecido por suas ações sociais, é apontado como quase imbatível.

Valparaíso — A possível ausência de Lêda Borges (sem dinheiro, não quer disputar), “japonesou” o quadro político. Pábio Mossoró, do PSDB, é bancada por Lêda Borges. A prefeita Lucimar Nascimento, do PT, controla a máquina. O vereador Marcus Vinicius, do PT do B, e Afrânio Pimentel, PP, são cotados.

Com informações do Jornal Opção.

Publicidade

Publicidade

Arquivo