quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Policial pode ser prefeito de Luziânia

Em época de violência assustadora, crescem as chances de políticos ligados à segurança pública serem eleitos em todo o país. Geraldão Silva, aliado do senador Ronaldo Caiado e policial militar, deve ser o candidato do DEM a prefeito de Luziânia nas próximas eleições municipais

Polêmico e trabalhador, o PM tem presença forte nas redes sociais e também na comunidade. Além disso, não perde oportunidade de “bater” na gestão Cristóvão Vaz Tormin, atitude que torna Geraldão uma espécie espelho oposicionista.

Geraldo acredita que diminuir à violência seja possível. “Segurança pública tem jeito. Podemos criar a Policia Municipal para cuidar melhor das nossas famílias”, planeja o político, que nas eleições municipais de 2012 disputou a prefeitura luzianense.

Além da segurança, outra preocupação de Geraldão é com o aumento de doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti. “Em Luziânia a situação é preocupante. A cidade ocupa neste início de ano a 3º posição no estado em casos de dengue”, denúncia ele. Segundo boletim da secretaria de Saúde goiana, no ranking das sete cidades com maior número de casos confirmados em Goiás, estão Goiânia (204), Anápolis (188), Luziânia (140), Rio Verde (117), Valparaíso (103), Aparecida de Goiânia (78) e Senador Canedo (64).

Transporte público é um problema que incomoda Geraldão. Ele já teria conversado com o senador Caiado sobre o assunto e teve a garantia do parlamentar federal de que buscará esclarecimentos dos órgãos sobre o tema. “É uma completa falta de respeito com os trabalhadores. Os ônibus são velhos e as passagens caras. Precisamos trabalhar para mudar essa triste realidade”, enfatiza Geraldo.

Nos próximos dias o DEM deve fazer o lançamento oficial da pré-candidatura de Geraldão Silva a prefeito de Luziânia. O evento pode contar com a presença do senador Ronaldo Caido e de outras lideranças de Goiás. “Estou na política para fazer as mudanças necessárias que o povo de Luziânia tanto quer. Minha pré-candidatura represença a força verdadeira da mudança”, conclui.

Publicidade

Publicidade

Arquivo