domingo, 3 de abril de 2016

Marconi acha que derrota de Sandes Júnior é prova de sua inocência

O governador Marconi Perillo (PSDB) passa por uma situação complicada. A condenação por improbidade administrativa expõe de uma só vez seu abuso da máquina pública em benefício próprio e sua incapacidade como cabo eleitoral em Goiânia

Em nota, o tucano afirma que a derrota do então candidato Sandes Júnior em 2004, que nem chegou a ir para o segundo turno, é prova de sua inocência. Mas não explica os motivos de ter usado dinheiro público para pagar propagandas que alavancavam a candidatura do deputado.

A emenda de Perillo saiu pior que o soneto. Além de não justificar nada ainda destaca a derrota do candidato que ele investiu recursos vultosos do Estado. O silêncio, neste caso, seria mais valioso.

Publicidade

Publicidade

Arquivo