quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Delmasso entrega proposta da reforma tributária ao governador do DF

Entrega da proposta ao governador do Distrito Federal será feita nesta quarta-feira (4) durante sessão solene na Câmara Legislativa

Nesta quarta-feira (4) o vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos-DF), realizará sessão solene para entregar a proposta da reforma tributária ao governador do DF, Ibaneis Rocha. O objetivo é tornar o Distrito Federal mais competitivo para atrair novas empresas e trazer mais empregos no DF.

Segundo Delmasso, o Distrito Federal tem a maior carga tributária do Brasil. “Essa realidade desestimula as empresas a permanecer no DF e até mesmo novas empresas a ampliar os negócios na Capital Federal. Para gerar empregos é necessário desonerar o empreendedor e a solução é a reforma tributária distrital”, disse.

Dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Coodeplan) mostram que atualmente são mais de 337 mil pessoas desempregadas, fazendo do Distrito Federal a unidade da federação com o maior índice de desemprego do País. A proposta da Reforma Tributária visa baixar os impostos para os empresários, gerar mais empregos e valorizar a economia.

O trabalho da construção da proposta da reforma tributária distrital está sendo baseada em três pilares. O primeiro é a desburocratização do sistema tributário. A ideia é torná-lo mais ágil para que o empresário possa resolver os problemas de forma mais rápida. O segundo é a segurança jurídica que do ponto de vista tributário é tornar o DF um ambiente seguro para atrair novos investimentos. O terceiro é a redução e equiparação das alíquotas com os estados vizinhos, como Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, para que o DF se torne competitivo e atraia mais empresas com o objetivo de combater o desemprego.

O deputado já realizou audiências públicas com os setores: atacadista, cooperativas, agropecuário, varejista, material de construção, shopping center, serviços, indústria e automotivo. Foram convidados para compor a mesa: o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape-DF).

Publicidade

Publicidade

Arquivo