Estrutura terá 55m de comprimento, 38m de largura e 5,5m de altura
O viaduto localizado no fim da Asa Sul, ponto estratégico de passagem do Expresso Oeste e futuramente do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), está com 30% das obras concluídas. O anúncio foi feito hoje pelo governador em exercício, Tadeu Filippelli, em visita ao canteiro de obras, ocasião em que garantiu a entrega do empreendimento para o mês de abril do próximo ano.
 "Este é o último canteiro de obras que estavam paradas e retomamos. Aqui, construímos uma obra da forma mais funcional e completa possível, com previsão de futuro, inclusive com toda a parte de drenagem. Ele é dotado de todas as alças possíveis, o que permite qualquer conversão e maior mobilidade", ressaltou Filippelli.
 Segundo o governador, o andamento das obras chega ao fim deste mês dentro do cronograma. O estágio do viaduto, neste momento, está na parte de fundação, com diversos pilares erguidos e interligados, o que resultará em uma estrutura de 55m de comprimento, 38m de largura e 5,5m de altura.
 Ao todo, serão investidos R$ 14,7 milhões na obra do viaduto, e outros R$ 5,3 milhões serão destinados para a drenagem pluvial, iluminação pública e aterramento da rede de energia.
 Após sua conclusão, a obra servirá, na parte superior, para passagem de automóveis e dos veículos que integram a faixa expressa da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). No vão inferior, a estrutura, segundo Filippelli, foi projetada para o futuro e, além de servir a frota convencional, funcionará como passagem para os trilhos do VLT rumo ao aeroporto.