O governador Marconi Perillo, em entrevista concedida à imprensa na manhã desta sexta-feira, dia 10, informou que está estudando, junto à equipe da Segurança Pública, medidas emergenciais para suprir a ausência de 2500 profissionais do Serviço de Interesse Militar Voluntário (Simve), após a declaração de inconstitucionalidade proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Marconi, preliminarmente deve ser utilizado o banco de horas dos policiais militares para retornarem às ruas reforçando o patrulhamento.

Outra medida em estudo é a modelagem de um novo concurso para ser realização para a categoria, que poderia ser realizado ainda este ano. “Farei uma reunião na próxima semana com a Segurança Pública para anunciar as medidas que serão tomadas no sentido de conferir segurança aos goianos. “Gostaria de manifestar minha solidariedade às famílias e profissionais que se dedicaram à segurança nestes últimos meses. Precisamos lembrar que tratam-se de homens treinados pelo exército. Essa declaração veio em um momento que tais egressos das forças armadas prestavam um excelente trabalho à população”, declarou.

Fonte: Redação