Vias ficam cheias de barro e moradores temem prejuízos com buracos. Vídeos feitos por moradores mostram a força das enxurradas nas cidades.



Moradores de Luziânia e Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, estão sofrendo com vários transtornos causados pela chuva. Algumas ruas não possuem sistema de escoamento de água nem asfalto. Imagens registradas por moradores mostram a força da enxurrada (veja vídeo).

A força da água é tão grande que algumas pessoas têm medo de sofrer um acidente. “Já cheguei a perder dia de serviço por conta da força da água que estava e eu não consegui sair de casa, porque corria o risco de ser arrastada”, disse a dona de casa Samara Alves.


Com a chegada das chuvas, motoristas também temem prejuízos. “Os buracos ficam muito grandes. Já tem três anos que moro aqui e meu carro já estragou três vezes”, disse o armador Weberton Bruno Pereira.

Com todos esses transtornos, a população teme que até serviços importantes como a coleta de lixo fique prejudicada. Com as ruas em péssimo estado de conservação, o caminhão que recolhe os resíduos já ficou atolado.

A Prefeitura de Valparaíso de Goiás informou que já iniciou algumas obras paliativas para resolver os transtornos, mas aguarda a liberação de R$ 116 milhões para realizar as obras de infraestrutura em alguns bairros.

Em Luziânia, o sistema de galerias pluviais é insuficiente para evitar os alagamentos. Todo o ano, segundo os moradores, as ruas são alagadas e moradores precisam procurar meios alternativos de sair de casa. “Só dá para atravessar usando bota. Daqui uns dias vou atravessar de barco”, disse o protético Otair Botelho.

A Prefeitura de Luziânia informou que não tem previsão de obras definitivas para acabar com os alagamentos na cidade.
Moradores reclamam de transtornos provocados pelas chuvas

(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)