Cadastramento voluntário e acompanhamento de quantidade disponível nos bancos de leite
O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), criou o projeto de Lei 699/2019 que estabelece o Banco de Leite Materno Virtual. A proposta terá o cadastramento prévio e voluntário e acompanhamento de quantidade disponível nos bancos de leite, com o objetivo de aumentar a disponibilidade de leite nas unidades de coleta.

O Banco de Leite Materno Virtual terá um cadastramento nas unidades de coleta do Distrito Federal, onde as lactantes poderão fazer com a apresentação dos exames clínicos que atestem a boa condição de saúde da doadora. A lista deverá conter os dados pessoais da doadora, com e-mail e telefone.

Segundo Delmasso, a disponibilização do cadastro no Banco de leite materno possibilitará que as doadoras sejam informadas da necessidade de doações de leite na unidade mais próxima. “Muitas mães infelizmente não conseguem amamentar por diversos fatores, por isso é importante lembrarmos do banco de leite humano”, disse.