Secretaria da Mulher oferece curso em parceria com a Caixa Econômica Federal


A Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM) do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos disponibilizou uma oficina de educação financeira para vítimas de violência doméstica. O projeto “Webinário de Educação Financeira – O Caminho das Contas” é uma parceria entre o Ministério e a Caixa Econômica Federal.

A secretária nacional do Mulheres Republicanas, deputada federal Rosangela Gomes (RJ), afirma que a educação financeira possibilita independência às vítimas. “A oficina vai ensinar às interessadas a diferenciar sonhos de projetos para que elas consigam empreender com mais facilidade”, disse. Ainda de acordo com a deputada, a educação e o empreendedorismo são essenciais para quem quer mudar a realidade em que vive.

“É importante que as mulheres de forma geral aproveitem essa oportunidade. Sem educação não somos nada e sem educação financeira não conseguimos ter nossa independência. Isso é importante para quem quer mudar de vida, talvez sair de um relacionamento abusivo e violento. É necessário que sejamos donas das nossas vidas”, concluiu.

A titular da SNPM, secretária Cristiane Britto (Republicanos), explica que o governo deve oferecer alternativas para essas mulheres. “O objetivo das oficinas é retirar as mulheres do ciclo de violência. Sabemos que muitas permanecem em situação de violência pelo fato da dependência financeira do agressor. É preciso oferecer alternativas, estimulando o empreendedorismo e a boa gestão dos recursos”, afirma.

Os treinamentos foram pensados para estimular o uso correto de recursos financeiros. As aulas virtuais de aproximadamente 40 minutos, ajudarão as mulheres a iniciar uma nova etapa profissional, focar em um negócio rentável e adquirir autonomia.

Além das oficinas on-line, o projeto vai rodar algumas capitais brasileira. No próximo dia 31, as aulas serão ministradas em Fortaleza (CE); no dia 7 de agosto será a vez de Boa Vista (RR); em Curitiba (PR) acontecerá no dia 14 e em São Paulo (SP), fechando o mês de agosto, a ação acontecerá no dia 21. As aulas que começam sempre às 14h30, acontecem na Casa da Mulher Brasileira das respectivas cidades. Quem quiser participar da versão on-line, deve se cadastrar aqui.