Portaria do Ministério da Saúde liberou recursos temporários para a Prefeitura Municipal reforçar a identificação precoce de casos da doença

Foto: Linice Moreira

O prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró teve suas solicitações na área de Saúde atendidas nesta quarta-feira, 22 de julho. O Ministério da Saúde credenciou Centros de Atendimento para o enfrentamento da pandemia causada pelo Coronavírus e o município foi contemplado com recursos para implantação de três unidades. Estes benefícios foram concedidos apenas para os municípios que solicitaram o credenciamento.

Os Centros de Atendimento são estruturas auxiliares, que servem para identificação precoce dos casos, com atendimento adequado das pessoas com síndrome gripal (SG) e Covid-19, no Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria nº 1797 de 21 de julho de 2020 libera recursos para os municípios que solicitaram adesão para receberem custeio temporário para implantação destas unidades de saúde.

Como funciona - Os Centros de Atendimento podem identificar e tratar os casos com sintomas leves e iniciais de Coronavírus. De acordo com o prefeito Pábio Mossoró, as unidades de Valparaíso serão implantadas na ESF Jardins dos Florais, na ESF Esplanada V e no bairro Céu Azul, em uma estrutura a ser montada especialmente para esta finalidade. “Estas unidades vão servir como ponto de referência da Atenção Primária à Saúde e buscam também conter a propagação do Coronavírus, uma vez que reduz a ida de pessoas com sintomas leves aos serviços de urgências ou hospitais”, explicou Mossoró.

Pábio também informou que o Ministério da Saúde sinalizou que as gestões municipais podem utilizar os espaços disponíveis em sua rede de saúde ou até mesmo criar um espaço específico para o Centro de Atendimento. “Em cada centro vamos ter 2 médicos, 2 enfermeiros e 3 técnicos em enfermagem e o atendimento será de 40 horas semanais”, finalizou o prefeito.

Foto: Linice Moreira.