Ao todo, R$ 11 milhões são aplicados em melhorias de curto prazo no município. O governador Ronaldo Caiado durante visita as obras no Centro de Reservação Jardim América: “É uma empresa que respeita o cidadão e, ao mesmo tempo, presta o serviço que é de sua Responsabilidade”

Fotos: Wesley Costa. Fotos: Wesley Costa.

O governador Ronaldo Caiado vistoriou obras no Centro de Reservação da Companhia de Saneamento de Goiás S/A (Saneago), localizado no bairro Jardim América, durante agenda em Anápolis, nesta quinta-feira (22/10). “Nunca se viu nada parecido em Goiás nestes últimos 30 anos”, comentou sobre o cronograma de entregas da empresa no município. As intervenções garantirão melhorias no sistema local de abastecimento de água, um problema antigo que a atual gestão trabalha para resolver.

Ao lado da coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, o governador lembrou a transformação da empresa nos últimos 21 meses. Nesse período, relatou, foi possível restabelecer a confiança dos goianos na Saneago, a partir da mudança de gestão focada no planejamento, transparência e resultados.

“Temos hoje uma Saneago resgatada, que é referência nacional e que a população reconhece o trabalho”, frisou Caiado. “É uma empresa que respeita o cidadão e, ao mesmo tempo, presta o serviço que é de sua responsabilidade”, completou.

Ao todo, o investimento da Saneago em obras de curtíssimo prazo em Anápolis é de R$ 11 milhões. Parte desses recursos permitirá a ampliação da capacidade dos reservatórios do Centro de Reservação Jardim América em 2 milhões de litros. O presidente da companhia, Ricardo Soavinski, informou que essas intervenções beneficiarão diretamente 52 mil moradores da região Central com mais segurança hídrica e regularidade de abastecimento.

Ele acrescentou que as melhorias também viabilizarão o bombeamento de água para reservatórios localizados nos bairros Arco Verde, Bairro de Lourdes, Santo André, Vila Formosa e Vila Mariana. A conclusão dos serviços está prevista para o próximo mês. “Estamos com um conjunto de obras emergenciais muito bom, já temos resultados importantes para esse ano, e mais investimentos em água e tratamento de esgoto com licitações em andamento”, destacou Soavinski.

No planejamento definido pela Saneago há 19 poços profundos perfurados para entrar em funcionamento de forma gradativa. A estratégia possibilita o fornecimento de 128 litros de água por segundo, conforme a demanda de consumo da população.

A totalidade de recursos aplicados em obras de curto prazo inclui, ainda, a implantação de 33 quilômetros de adutoras para interligação dos poços aos reservatórios. A construção de uma adutora de reforço para o Reservatório Vila dos Oficiais possibilitou a integração entre os sistemas Daia e Piancó.

Os investimentos em Anápolis ainda contemplam a ampliação das redes de esgoto. Ao término do conjunto de obras, o índice de atendimento será ampliado de 78,2% para 86,8% da população do município beneficiada com esgotamento sanitário.

Comprometido em atingir a universalização dos serviços de água e esgoto no município, o Governo de Goiás assinou, em fevereiro deste ano, contrato de renovação com a Prefeitura de Anápolis por mais 30 anos. Os investimentos somam R$ 520 milhões, no total.

Antes dos primeiros compromissos em Anápolis, o governador visitou a Escola Estadual Maria Aparecida Alves, onde foi recepcionado com um cartaz de agradecimento pelos mais de R$ 7 milhões destinados à Coordenação Regional da Educação (CRE) de Anápolis, que viabilizam reformas e ampliações das unidades de ensino.