Hospital ilumina fachada e realiza palestras para falar sobre prevenção e preconceito

 


O Hospital de Urgências de Trindade deu início na última semana às campanhas Dezembro Vermelho e Laranja. Desde o começo do ano, o hospital vem abordando temáticas importantes ligadas à saúde, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, por meio de ações de conscientização da comunidade e das equipes de saúde.

 

Além de iluminar a fachada com a cor laranja para lembrar a importância da prevenção do câncer de pele, o hospital distribuiu panfletos e cartões digitais por meio de aplicativos de mensagens e redes sociais para orientar os colaboradores do hospital sobre a doença – a mais frequente no Brasil, correspondendo a 30% de todos os tumores malignos registrados no país, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

 

Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) começou a promover o Dezembro Laranja para chamar a atenção da população sobre as consequências deste tipo de tumor. “É importante ressaltar que o câncer de pele é a doença que mais mata mundialmente, e que há uma baixa adesão à campanha. Quanto mais precoce for detectado maior são as chances de termos um tratamento bem-sucedido, lembrando que a prevenção é o melhor meio”, explica a enfermeira Fernanda Alves, responsável pelas palestras elucidativas sobre os dois assuntos.

 

O outro assunto que mobiliza o Hutrin, nesse mês, é a luta contra a Aids. Por meio de palestra de cunho educativo, com o objetivo de levar mais informações à equipe especialmente para desmistificar os preconceitos sobre a doença. A enfermeira Fernanda Alves de Oliveira, colaboradora da unidade, falou sobre a importância de as pessoas terem as informações corretas para que os doentes não sejam excluídos dos círculos sociais, como acontece muitas vezes.

 

“Nós queremos quebrar essas barreiras do preconceito, explicar que usar o mesmo talher não transmite a doença. Queremos informar que o contato, o abraço e o carinho são importantes para o paciente. Também vamos alertar para as formas de contágio”, diz Fernanda Alves.

 

Durante a palestras os colaboradores conheceram algumas terapias de prevenção como a PEP (Profilaxia Pós-Exposição), que é o uso de medicamentos antirretrovirais por pessoas após terem tido um possível contato com o vírus HIV; e a PrEP (Profilaxia Pré-Exposição ao HIV), que é o uso preventivo de medicamentos antes da exposição ao vírus do HIV.

 

De acordo com os dados apresentados pelo Ministério da Saúde, há 766 mil pessoas diagnosticadas. Atualmente no Brasil, 93% das pessoas dessas pessoas estão em tratamento com níveis indetectáveis para o vírus. Por outro lado, existem cerca de 140 mil brasileiros infectados pelo HIV e não sabem. Por isso, é fundamental fazer o teste de HIV.

 

 


     

Sobre o HUTRIN

O HUTRIN (Hospital Estadual de Urgências de Trindade Walda Ferreira dos Santos) é uma unidade de assistência, ensino e pesquisa, que integra a Rede Estadual de Hospitais de Urgências e Emergências do Estado de Goiás (Rede HUGO). O Hospital tem 48 leitos, sendo oito de UTI, perfil assistencial voltado para baixa e média complexidade em clínica obstétrica, clínica cirúrgica e clínica médica e clínica ortopédica sendo referência para Trindade, onde está localizado, e as cidades vizinhas.

Desde o dia 25 de agosto de 2019, o HUTRIN encontra-se sob a gestão do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, uma Organização Social (OS) que se destaca pela prestação de serviços e desenvolvimento de projetos que proporcionem bem-estar, saúde, cidadania e dignidade às pessoas. O IMED administra o HUTRIN para que ele funcione com qualidade 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Assessoria de Comunicação - Hospital Estadual de Urgências de Trindade (Hutrin)

Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br

Camila Braunas (62) 99538-5680 – camila@ecco.inf.br