Número de pacientes recuperados ultrapassa os 630 desde a inauguração do maior Hospital de Campanha no Entorno de Brasília

Maria Aparecida Braz teve sua alta comemorada por toda família. Foto: Divulgação 

A preocupação com o aumento dos casos de coronavírus no país em fevereiro levou os hospitais em Goiás a reforçarem a infraestrutura de atendimento. Em Luziânia, a eficiência no atendimento das equipes multidisciplinares de saúde do Hospital Regional (HRL) têm sido um contraponto positivo na guerra contra o vírus. Em fevereiro, 85 pacientes puderam voltar para casa recuperados da doença.

Grande parte dos recuperados, entre 28 e 83 anos, são moradores da cidade, mas há também de outros municípios de Goiás e Distrito Federal. Entre eles, está Maria Aparecida Braz, de 83 anos, e moradora de Luziânia. Ela ficou 35 dias internada.

À saída do hospital, dona Maria recebeu o conforto de muitos parentes e funcionários que quiseram homenageá-la na porta do Hospital Regional de Luziânia.  “Foram dias de muita preocupação, mas ao mesmo tempo ficamos confortados em saber que ela estava sendo muito bem cuidada pelos profissionais de saúde. Quando saiu, foi inexplicável. Foi maravilhoso vê-la sendo trazida pelos funcionários do hospital com tanto carinho”, disse emocionado o filho Julio Braz.

A equipe de saúde do HRL sabe a importância de cada uma das altas, por isso, todas as saídas são comemoradas com música, balões e cartazes. No último domingo, diversas pessoas se reuniram na porta do HRL em orações, em especial para os internados e todos os profissionais da unidade hospitalar.

Em nove meses de funcionamento, um dos maiores hospitais de campanha do entorno de Brasília soma mais de 630 altas de pacientes com Covid-19. As 85 altas deste mês entram na estatística dos mais de 378 mil pacientes curados no Estado de Goiás.

SOBRE HRL

O Hospital Regional de Luziânia (HRL) começou a receber os primeiros pacientes com sintomas de Covid-19 no dia 20 de maio de 2020. Vieram transferidos pela central estadual de regulação de vagas do Estado de Goiás. Os leitos são ocupados gradualmente, a partir da avaliação diária e conjunta da direção com a Secretaria Estadual de Saúde. Estadualizado, após passar oito anos em obras, o HRL foi o primeiro hospital do entorno do Distrito Federal dedicado a tratar pacientes com sintomas respiratórios agudos causados pelo novo coronavírus. Cerca de 1,2 milhão de pessoas, que moram na região, são beneficiadas pelo Hospital Regional de Luziânia.

_________________________________________________________________

HOSPITAL REGIONAL DE LUZIÂNIA
Assessoria de Comunicação | Ecco Comunicação

Aline Marinho | (11) 95484-9927 | aline@ecco.inf.br  

Luiz Fernando Fernandes | (61) 99242-3668 | luizfernando@ecco.inf.br