O  projeto Craques da Saúde, é uma ação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entidade máxima do futebol nacional é apoiada pela Fiat Automóveis e tem o objetivo de beneficiar Estados com a doação de 27 ambulâncias, uma para cada estado, para que hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), de todo o país, que registraram o maior índice de pacientes atendidos e recuperados da Covid-19

Foto: Márcia Fabiana.

O governador Ronaldo Caiado recebeu, nesta quinta-feira (22/4), em frente ao Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, uma nova ambulância, que será encaminhada ao Hospital Regional de Luziânia. O veículo foi doado pela Federação Goiana de Futebol (FGF), em nome da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por meio do projeto Craques da Saúde.

A ação da entidade máxima do futebol nacional é apoiada pela Fiat Automóveis e tem o objetivo de beneficiar Estados com a doação de 27 ambulâncias para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), de todo o país, que registraram o maior índice de pacientes atendidos e recuperados da Covid-19.

O carro foi totalmente equipado com itens de série específicos para o transporte adequado, rápido e seguro dos pacientes. A ambulância conta ainda com adaptações especiais para o uso como maca retrátil, suporte para cilindro de oxigênio, soro plasma e armário superior, teto e piso em ABS – que permite higienização ágil e simples -, entre outros.

Durante o evento, o governador destacou o empenho dos trabalhadores da linha de frente no combate à Covid-19. “Eles enfrentam, manipulam pacientes graves, estão em um ambiente que é disseminador do vírus”, afirma Caiado. “Isso é algo que mostra a paixão da profissão. Goiás terá que erguer um grande monumento a esses profissionais da saúde. Muitas vezes, a sociedade se rebela e não sabe o que eles passam dentro de uma sala de UTI”, relata.

A entrega simbólica da chave do carro, uma Fiat Fiorino, ao hospital ocorreu no dia 21 de janeiro de 2021, antes da partida entre Goiás e Ceará, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2020. De lá para cá, foram vencidas as etapas relacionadas à documentação e transferência e, agora, o veículo dará início aos atendimentos mais complexos de pessoas acometidas pela Covid-19 na região de Luziânia e do Entorno do Distrito Federal.

“A equipe de Luziânia, que teve um resultado inédito, também gere outras unidades nossas. É um hospital que foi estadualizado. Estava fechado, passou por reforma e hoje conta com 40 pacientes graves e enfermaria”, enaltece o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, sobre o trabalho na unidade.

Já o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, parabenizou a equipe do hospital. “É importante a gente trazer um produto que vai ser transformado em bem social para o desenvolvimento da sociedade de Luziânia”, frisa. De acordo com o presidente da FGF, André Pitta, que representou a CBF, o futebol se mostra preocupado com a luta contra a Covid-19 e trabalha para manter a segurança das pessoas ligadas ao esporte, bem como de toda a sociedade. “Colocamos o futebol sempre à disposição tanto da Saúde quanto do governo do Estado”, ressalta ele.