Imagem: Arlison Kléber/Ecam 

A atividade visou discutir desafios e oportunidades da atividade, para a construção de um planejamento estratégico. 

Comunidades quilombolas de Rondônia participaram, na última semana de abril, da oficina de fortalecimento da agricultura familiar quilombola, realizada pela Ecam em parceria com a Associação dos Quilombola do Forte (ASQFORTE) e apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS).  O encontro reuniu 26 quilombolas das comunidades Forte Príncipe da Beira, Santo Antônio e Santa Cruz.

A atividade é uma das ações da Iniciativa da Agricultura Familiar Quilombola, que em parceria com o iCS, promove estudos sobre a agricultura familiar quilombola, com comunidades dos estados de Rondônia e do Amapá — já contemplado com a oficina, em dezembro do ano passado.

Segundo Ronaldo Freitas, consultor da Iniciativa, o encontro surgiu com o intuito de apresentar os dados do diagnóstico sobre produção agrícola, discutir desafios, oportunidades e mapear instituições que podem apoiar o desenvolvimento da agricultura familiar nos quilombos. As informações levantadas, tanto nos diagnósticos quanto na oficina, auxiliarão na construção de um planejamento estratégico para os próximos meses.

“A oficina é também uma oportunidade para agricultores quilombolas compartilharem, entre si, as experiências e os desafios para a geração de renda, a partir da comercialização dos produtos. E essa troca de saberes, mostrou que os principais desafios apontados envolvem a falta de oportunidades de trabalho para jovens, baixo acesso a assistência técnica, tecnologia e às políticas públicas de crédito”, explica Freitas.

Além das atividades sobre a agricultura familiar quilombola, a oficina contou com um minicurso de produção de biofertilizantes, a fim de promover alternativas que diminuam os custos com insumos agrícolas. Os biofertilizantes escolhidos podem ser produzidos com ingredientes caseiros, geralmente encontrados nas comunidades.

“A oficina nos trouxe um aprendizado imenso sobre como coletar informações, sobre como solicitar apoio das entidades parceiras, levando em conta a particularidade de cada comunidade, e, sobretudo, sobre como produzir biofertilizante, que vai ser o grande incentivador do produtor”, finaliza Elvis Pessoa, liderança quilombola e presidente da ASQFORTE .

Sobre a Ecam Projetos Sociais

A Ecam Projetos Sociais é uma iniciativa da Ecam, que lida com a implementação de programas e atividades, ao lado de comunidades e grupos locais, promovendo práticas sustentáveis de desenvolvimento.