Luziânia tem registrado redução no número de novos registros de mortes por covid-19. Entre os dias 1º e 7 de maio, a cidade não registrou mortes por covid-19, enquanto duas pessoas perderam a vida para a doença na semana anterior, entre 24 e 30 de abril. O mês de abril registrou um total de cinco novos óbitos em comparação aos 16 registrados no mês de março


Essa redução nos casos de mortes também foi observada no número de casos confirmados: março registrou 1 mil 856 novos casos e, em abril, foram 984, redução um pouco maior que 50%. O pico deste ano é o mês de fevereiro, quando foram registrados 8 mil 807 novos casos e 16 vidas perdidas. A taxa de letalidade do Entorno é 1.69%, no dia 10 de maio, inferior à do Brasil, que é de 2.17%.

Ainda que os novos casos confirmados e de óbitos por covid-19 venham caindo, o nível de transmissão da covid-19 em Luziânia foi considerado elevado entre os dias 1 e 7 de maio, pois foram registrados 65,22 casos por 100 mil habitantes. A média móvel de casos para sete dias é de 15.6 no dia 10 de maio, registrando queda desde o dia 5 de maio, quando a média móvel para sete dias estava em 23.7 casos diários. A transmissão elevada na cidade também está evidenciada no Número de Reprodução Efetivo (Rt) que oscila nas duas últimas semanas entre 3.06, no dia 29 de abril, para 0.95, no dia 10 de maio. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Rt deve estar abaixo de 1 por duas semanas consecutivas para que a pandemia possa ser considerada sob controle. Em Luziânia, o Rt só esteve abaixo de 1 por dois dias nesse período. Vale lembrar que o Rt equivalente a 3, por exemplo, significa que uma pessoa infectada irá infectar, em média, mais três pessoas (ver gráfico).Fonte: Plataforma JF Salvando Todos



Luziânia apresentou, no dia 10 de maio, um total acumulado de 54,6 mil casos confirmados e 568 óbitos. Os 20 municípios goianos da região do Entorno do Distrito Federal (DF) contabilizam 182 mil e 768 casos confirmados, desde março de 2020, e 3 mil e 81 vidas perdidas para a covid-19. O número de casos e de óbitos em Luziânia, desde o início da pandemia, representa 30% do total de casos e de óbitos registrados para todos os municípios do Entorno goiano.
Por Mônica Prado