Programa de Aprendizagem impulsiona jovens na efetivação profissional

 


O Graciosa Country Clube, em Curitiba (PR), já trabalhou com 65 jovens aprendizes, com uma taxa de efetivação de 80% ao fim do programa
Créditos: Lucas Garcia Lopes/Graciosa Country Club
 

Com atuação do CIEE/PR mais de 10,6 mil jovens foram beneficiados pelo Programa em 2022; experiência adquirida pelos aprendizes durante o desenvolvimento da iniciativa é um diferencial na hora da contratação

O Programa de Aprendizagem do CIEE/PR é uma iniciativa significativa na preparação e inserção de jovens estudantes no mundo do trabalho. Em 2022, o programa contou com a participação de mais de 2,4 mil empresas parceiras, beneficiando aproximadamente 10,6 mil jovens paranaenses.

“O programa promove a formação abrangente para os estudantes, aliando capacitação teórica com experiência prática nas empresas por meio de um contrato especial com vínculo empregatício de prazo determinado”, explica o supervisor da Divisão de Capacitação e Cidadania do CIEE/PR, Carlos Roberto Oliveira de Almeida Santos.

Uma das vantagens do Programa de Aprendizagem é que ele qualifica e estimula a contratação formal dos participantes. Empresas como o Graciosa Country Clube, em Curitiba (PR), têm sido parceiras do CIEE/PR desde 2007 e experimentado resultados positivos com o programa. O Graciosa já trabalhou com 65 jovens aprendizes, alcançando uma taxa de efetivação de 80% ao final do programa. 

Boas impressões

O analista sênior de Recursos Humanos do Graciosa Country Club, Paulo Henrique Poletto, ressalta a visão da empresa em relação aos jovens aprendizes. Segundo ele, a intenção é que eles não entrem apenas para cumprir o período de dois anos do programa, mas se tornem funcionários efetivos. “É muito diferente ver o jovem aprendiz entrando e saindo do programa em comparação com aqueles que são efetivados”, enfatiza. 

De acordo com os profissionais de RH do Graciosa Country Club, os aprendizes adquirem habilidades profissionais notáveis com a iniciativa. “Eles já vêm preparados e formados pelo programa porque já passaram por feedbacks, avaliações”, explica a gerente de RH do clube, Eloise Fabiana Wengrath.

A ex-aprendiz e atual assistente de RH do Graciosa, Maria Eduarda de Oliveira, afirma que o clube preza por efetivar os aprendizes devido à experiência já adquirida e pelo contato prévio com a cultura da empresa. “Valorizamos quem já possui o pensamento, entende como funciona e já está acostumado com nossa cultura”, complementa.

Além de beneficiar os estudantes, o Programa de Aprendizagem traz vantagens para  as empresas, que podem contar com profissionais em formação e com o auxílio do CIEE/PR durante todo o período do programa. 

Somente durante o mês de maio, o clube prevê efetivar ao menos mais dois aprendizes. “Estávamos com gestores disputando entre si”, relembra  a ex-aprendiz e assistente de RH, Marcelly Verônica Lima Sum, ao falar sobre a importância da função do aprendiz na dinâmica da empresa. “Nós precisamos de aprendizes”, enfatiza.

Auxílio multidisciplinar

O Programa de Aprendizagem desenvolvido pelo CIEE/PR conta com uma equipe multidisciplinar composta por instrutores, pedagogos, psicólogos e assistentes sociais que têm como objetivo assistir e auxiliar os jovens ao longo do programa. Essa abordagem visa ajudar os aprendizes em seu desenvolvimento profissional, descoberta de talentos e apoio psicossocial. “Se o jovem souber e tiver atitude para aproveitar a oportunidade, ele terá uma excelente formação”, finaliza a gestora Eloise.

Para participar do programa, basta estar matriculado regularmente em uma instituição de ensino e realizar o cadastro no site do CIEE/PR.

 

Sobre o CIEE/PR

Há 55 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) atua para promover a integração dos jovens ao mercado de trabalho. Por meio de programas de estágios e aprendizagem, cursos de capacitação e cidadania e programas sociais, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com 39 unidades operacionais distribuídas em todas as regiões do Paraná, o CIEE/PR atende todo o Estado do Paraná, com uma média mensal de 25 mil estagiários e 5,5 mil aprendizes. Já recebeu cerca de 30 títulos de Utilidade Pública Municipal. Possui dezenas de registros nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente e também nos Conselhos Municipais de Assistência Social, condição essencial para cumprir o propósito de trabalhar para fortalecer o desenvolvimento humano e social. Ao longo de mais de 54 anos de atuação, o CIEE/PR contribuiu para a inserção e aperfeiçoamento técnico e profissional de mais de 1,5 milhão de estagiários, bem como a iniciação profissional de milhares de aprendizes junto com entidades e empresas parceiras.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF