Comissão da CLDF está exigindo uma investigação sobre a agressão a mulher trans no BRT

Agressão ocorreu na quinta-feira (14) no Terminal do BRT de Santa Maria. A mulher de 27 anos foi agredida por um motorista.
Foto: Wesley dos Santos

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) solicitou uma investigação sobre o incidente de agressão envolvendo uma mulher transgênero no Terminal do BRT de Santa Maria.

A vítima, identificada como Lara Miranda Sena, de 27 anos, foi agredida por um motorista de 56 anos, resultando em uma ocorrência registrada na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) que está sendo investigada como agressão e injúria preconceituosa.

A Comissão da CLDF, ao tomar conhecimento do incidente, enviou ofícios à Secretaria de Segurança Pública, à Secretaria de Transporte e Mobilidade e à PCDF, solicitando investigações apropriadas.

O presidente da Comissão, o deputado Fábio Felix (Psol), enfatizou a importância da prevenção e da educação, destacando a necessidade de formação de profissionais em diversas áreas para garantir o respeito à diversidade de todos os públicos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF