Programa Bolsa Família: Governo Federal divulga a incorporação de 2 milhões de núcleos familiares

Desde o seu relançamento em março deste ano, o Bolsa Família tem proporcionado apoio a 2,15 milhões de novas famílias, alcançando este marco em setembro, com a efetivação de 550 mil novas concessões do programa de transferência de renda do Governo Federal.

Foto: Governo Federal

Os pagamentos do programa social começaram na última segunda-feira (18) e serão distribuídos de forma escalonada até o dia 29 de setembro, beneficiando 21,47 milhões de famílias, com um investimento total de R$ 14,58 bilhões. O Ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, enfatizou que essas famílias agora recebem esse recurso mensalmente para suas necessidades, representando mais de 21 milhões de famílias atendidas em todo o Brasil.

De acordo com o Governo Federal, a estratégia de busca ativa tem desempenhado um papel fundamental nessas novas inclusões, concentrando-se nas pessoas mais vulneráveis que têm direito ao complemento de renda, mas anteriormente não tinham acesso a esse benefício.

Após a reformulação, o Bolsa Família se tornou um programa dinâmico, com entradas e saídas mensais, assegurando que as famílias que atendam aos critérios de elegibilidade sejam incluídas regularmente, ao passo que aquelas que não preencham mais os critérios sejam desligadas do programa. Em setembro, 237.897 famílias foram desligadas.

Em relação à inclusão de famílias no Bolsa Família, logo no primeiro mês após o relançamento do programa social, foram incorporadas 694.424 novas famílias. Em seguida, em abril, foram incluídas 113.843 famílias, e 200 mil em maio.

Nos meses de julho e agosto, foram registradas a entrada de 300 mil novos lares cada. Somando-se às 550 mil concessões de setembro, o programa totaliza um acréscimo de 2,15 milhões de famílias beneficiadas.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF