III Congresso de Inovação, Ensino e Pesquisa no HBDF: Rumo a Excelência Assistencial

 


                                                                                                                                                                                          foto: Alessandro Praciano


 

Troca de experiências e conhecimento multiprofissional impulsiona inovações na saúde e aprimora atendimentos.

 

Até quinta-feira (23), o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) sediará o III Congresso de Inovação, Ensino e Pesquisa, com o tema "A Governança Clínica Rumo a Excelência Assistencial", para uma troca de vivências e conhecimento. Com mais de três mil inscritos, o evento permite participação presencial ou online, abrangendo profissionais como residentes multiprofissionais, assistentes sociais, enfermeiros, médicos, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, técnicos de enfermagem, entre outros.

Nos quatro dias de debate, serão divulgadas pesquisas científicas realizadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF) por colaboradores e parceiros externos, contribuindo para o avanço da ciência na área da saúde. O congresso também engloba a V Jornada dos Residentes do IgesDF, a XII Jornada dos Médicos Residentes e Egressos do Hospital de Base e o III Simpósio de Pesquisa Científica.(IgesDF).



 

Durante a abertura, a diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep), Emanuela Ferraz, afirmou que o evento abordará temas de relevância, destacando o papel da interdisciplinaridade na melhoria do atendimento ao paciente. “O objetivo é proporcionar a troca de experiência e conhecimento multiprofissional acerca das inovações em saúde como forma de melhorar o acesso ao cuidado mediante debates técnico-científicos, preparando os profissionais para prestarem um atendimento cada vez melhor aos usuários de saúde do DF."

Para o presidente do IgesDF, Dr. Juracy Cavalcante Lacerda Jr., a reflexão sobre a governança clínica é essencial. Ele enfatizou: "Isso se deve ao desafio de oferecer o melhor serviço em saúde sem desperdiçar recursos. Portanto, é essencial integrar a inovação de ensino e pesquisa aos serviços de saúde." Enquanto a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, que marcou sua presença no primeiro dia, destacou o papel do HBDF na formação de profissionais de excelência. O congresso, que engloba diversas jornadas e simpósios, visa impulsionar inovações na saúde, divulgando pesquisas científicas e promovendo a interdisciplinaridade para aprimorar o atendimento ao paciente.

 



Com eixos temáticos que incluem Oncologia, Urgência e Trauma, Materno Infantil e Obstetrício, e Inovação, Ensino e Pesquisa, o congresso visa aprimorar a qualidade das práticas assistenciais na área de saúde. O chefe do Núcleo de Controle de Infecção do HBDF, Dr. Julival Ribeiro, destacou a evolução necessária na medicina para acompanhar os avanços tecnológicos sem comprometer a qualidade do atendimento.

No segundo dia do evento (21), os cirurgiões do trauma, Dr. Renato Lins e Dr. Rodrigo Caselli, realizaram uma apresentação especial que capturou a atenção dos participantes. O ponto alto da programação foi a Mesa Redonda com o Projeto Humanizar na assistência, onde a primeira-dama do DF, Mayara Noronha, madrinha e idealizadora do projeto, compartilhou a inspiração por trás da iniciativa e destacou a sua relevância, proporcionando uma visão única sobre a concepção e importância do projeto Humanizar.


Com uma programação enriquecedora, os dias subsequentes reservam muitas experiências positivas. Sob a coordenação da Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep), o evento promete ser uma valiosa contribuição para o progresso científico na área da saúde, capacitando os profissionais a aprimorarem continuamente o atendimento aos usuários de saúde do Distrito Federal.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF