Pessoas com hérnia de disco podem fazer musculação?

 

A hérnia de disco, uma condição dolorosa que atinge cerca de 5,4 milhões de brasileiros, ocorre quando o núcleo interno de um disco vertebral se projeta para além de sua posição normal, levando a dores, desconforto e, em casos mais graves, a compressão dos nervos adjacentes. A busca por formas eficazes de alívio é constante. Para aqueles que são entusiastas da musculação, surge a questão: é seguro praticar atividades físicas intensas como levantamento de peso quando se tem hérnia de disco?

O Dr. Nilo Carrijo, especialista em coluna do grupo Spine, esclarece que, ao contrário do senso comum, a musculação, com a orientação adequada, é uma atividade física de fortalecimento recomendada para quem enfrenta esse problema na coluna. “A musculação é um método de fortalecimento que comprovadamente ajuda a prevenir crises de dor relacionadas à hérnia de disco. Em alguns momentos, a depender da intensidade da dor, preferimos dar início ao fortalecimento muscular fazendo uso da fisioterapia ou pilates, por exemplo.”


Quanto aos riscos, o especialista adverte sobre a importância da execução correta dos exercícios, especialmente para aqueles que fazem levantamento de peso sem o uso de bancos ou aparelhos. “Estes exercícios, embora não sejam proibidos, são mais complexos e exigem mais força e consciência corporal durante a execução e devem ser realizados apenas quando a dor está controlada, sob a supervisão de um educador físico. É muito importante que o paciente com hérnia de disco esteja atento aos sinais do corpo, evitando exercícios que desencadeiam dor e possam agravar o quadro”, alerta Nilo.


Exercícios que desencadeiam dor devem, a princípio, ser evitados, e os incômodos relatados ao médico e ao educador físico para uma avaliação a respeito da manutenção ou suspensão do exercício. Ignorar os sinais do corpo pode resultar em complicações adicionais que podem agravar os sintomas e retardar a recuperação.


Antes de iniciar qualquer programa de musculação, é fundamental consultar um médico especializado que avalie a gravidade da hérnia de disco e forneça orientações específicas. “É claro que os limites são individuais, ou seja, é provável que duas pessoas com hérnia de disco tenham limites e tolerâncias diferentes na hora da prática de atividade física. Por isso, a importância de um acompanhamento profissional: para garantir uma prática segura e promover uma evolução positiva”, finaliza o médico do grupo Spine.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF