Em 24 horas, Concurso Nacional chega a mais de 200 mil inscritos



Inscrições abriram na sexta (19/01) e vão até dia 9 de fevereiro

Por Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI)

Nas primeiras 24 horas de inscrições para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), o número de inscritos chegou a 217 mil. As inscrições abriram às 10 horas de sexta-feira (19/01) e vão até o dia 9 de fevereiro. Quem quiser pedir isenção da taxa de inscrição, tem até o dia 26 de janeiro . As taxas são de R$ 90 para os cargos de nível superior e de R$ 60 para o bloco de cargos de nível médio.

O número de inscrições foi bloco até o momento é o seguinte:

Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias
7.788

Bloco 2 – Tecnologia, Dados e Informação
7.476

Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas
7.682

Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor
31.671

Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos
27.422

Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação
6.611

Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública
36.177

Bloco 8 – Nível Intermediário
93.453

O que é o Concurso Público Nacional Unificado?

O Concurso Público Nacional Unificado é um modelo inovador de seleção de servidores públicos, criado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. O novo modelo consiste na realização conjunta de concursos públicos para o provimento de cargos públicos efetivos no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, mediante a aplicação simultânea de provas em todos os Estados e no Distrito Federal.

Para se inscrever, o candidato deve acessar a página do GOV.BR . Em seguida, é necessário fazer o login e seguir as orientações indicadas. No momento da inscrição, o candidato faz a escolha pelas carreiras, que estarão divididas em oito blocos temáticos. Cada bloco reúne as carreiras que possuem semelhanças entre si.

O CPNU permitirá a inscrição para a disputa por vagas para mais de um cargo, desde que dentro do mesmo bloco temático. Uma das vantagens é que o candidato pagará uma taxa de inscrição única. Ao concorrer a mais de um cargo, o candidato deverá classificar as vagas de interesse por ordem de preferência para definir a prioridade em uma possível chamada, baseada na nota alcançada.

O objetivo é promover igualdade de oportunidades de acesso aos cargos públicos efetivos. A prova será realizada simultaneamente em 220 cidades do Brasil no dia 5 de maio.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF