Embrapa sediará simpósio sobre controle biológico de doenças em plantas

Foto: Zayame Vegette Pinto
Trichoderma - Foto: Zayame Vegette Pinto

Evento terá como foco o Trichoderma, principal agente de biocontrole de adoecimento de plantas comercializado no Brasil


Por: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) | Edição: Ailane Silva

Será realizado na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Meio Ambiente, em Jaguariúna, São Paulo, o Simpósio Trichoderma: o mais importante agente de controle biológico de doenças de plantas. Organizado pelo pesquisador Wagner Bettiol, o evento será realizado em 23 de fevereiro, das 9 às 12h, em parceria com a Universidad de Salamanca, Espanha; Universidade Tecnológica Federal do Paraná; e Ballagro Agro Tecnologia Ltda.

Conforme Wagner Bettiol, , que fará a palestra de abertura com o tema "Controle biológico: o que precisamos fazer para continuarmos líderes mundiais?" o Trichoderma é o principal agente de biocontrole de doenças de plantas comercializado no Brasil. "Portanto", enfatiza,"o entendimento de seus mecanismos de ação é fundamental para a sua utilização na agricultura, visando ao controle de fitopatógenos".

O professor Enrique Monte, da Universidad de Salamanca, irá apresentar como os diálogos Trichoderma x Planta Planta x Trichoderma são fundamentais para o controle biológico de doenças de plantas. "A principal característica que define o gênero Trichoderma é seu "oportunismo", ou seja, sua enorme capacidade para colonizar qualquer substrato em qualquer ambiente, desde a Antártida até o Caribe ou o deserto de Saara", destaca Monte.

Para adaptar-se a tantos ambientes, destaca Monte, "as espécies de Trichoderma desenvolveram a capacidade de produzir uma grande quantidade de enzimas extracelulares e sistemas muito eficazes de resistência, reparação de danos celulares e moleculares, que permite adaptar-se e sobreviver em condições muito adversas".

Sergio Mazaro, pesquisador da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, irá abordar o tema " Trichoderma : indispensável no manejo de doenças da soja". De acordo com Mazaro, a introdução de Trichoderma no sistema de manejo e fundamental para obter sucesso no controle de fitopatógenos habitantes do solo.

"As espécies desse fungo têm sido exploradas pelas suas principais habilidades, que são a produção de enzimas com importantes aplicações biotecnológicas e a capacidade de controlar patógenos de plantas por meio de diferentes mecanismos de ação, com destaque para o micoparasitismo, a antibiose, a competição por substratos e nutrientes e a indução de resistência das plantas", explica Mazaro.

A inscrição é gratuita e pode ser feita aqui.

Programa:

9h - Abertura
9h05 - Controle biológico: o que precisamos fazer para continuarmos líderes mundiais? - Wagner Bettiol - Embrapa Meio Ambiente

9h30 - Diálogos Trichoderma x planta planta x Trichoderma : fundamentais para o controle biológico de doenças de plantas - Enrique Monte - Universidad de Salamanca

10h30 - Trichoderma : indispensável no manejo de doenças da soja - Sérgio Mazaro - Universidade Tecnológica Federal do Paraná

11h10 – Discussão

12h - Encerramento

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF