Financiamento de veículos cresce em 18,2% no Distrito Federal, aponta pesquisa

  


A expectativa para o mercado automotivo do Distrito Federal em 2024 é promissora. No final do ano de 2023, o setor teve um crescimento significativo. De acordo com dados recentes divulgados pela B3, responsável pelo Sistema Nacional de Gravames (SNG), no mês de novembro foram financiados 11,4 mil veículos, entre novos e usados. 


Comparado ao mesmo período de 2022, o crescimento no número de financiamentos atingiu 18,2% no final de 2023, com um acréscimo adicional de 1,6% em relação a outubro. Segundo João Paulo Matos, empresário e sócio da Brazilian Car, fatores como taxas de juros atrativas, facilidades oferecidas pelas instituições financeiras e programas governamentais e incentivos fiscais específicos podem ter impulsionado este aumento no financiamento de veículos no Distrito Federal, especialmente após a sanção do Marco Legal das Garantias (Lei 14.711/2023), que deve estimular as financeiras a concederem mais créditos.


A presença de condições mais favoráveis faz com que o financiamento seja uma opção viável e financeiramente vantajosa. “Ofertas personalizadas, prazos flexíveis e processos simplificados tornam o financiamento mais acessível e conveniente, atraindo uma parcela maior de consumidores interessados em adquirir veículos”, afirma João Paulo. A retração da Selic, taxa básica de juros, diminuiu também o custo de financiamentos de carros.


Os avanços tecnológicos do setor automotivo também devem ser levados em consideração. “Os novos carros equipados com recursos avançados e com maior potência vêm atraindo muito os consumidores, motivando-os a adquirir veículos mais modernos e alinhados às últimas tendências do mercado”, complementa o empresário.


Esse crescimento não se limita à venda de automóveis, como também abre portas para desdobramentos significativos na indústria de serviços automotivos, contribuindo para o desenvolvimento econômico local. Setores como seguros, manutenção e acessórios podem testemunhar um crescimento correlato, impulsionados pelo aumento na frota de veículos financiados. 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF