Grupo Qualität cresce 165% e consolida sua atuação como canal de valor agregado

 Faz parte da estratégia deste ano incluir a venda de soluções e serviços de segurança da informação, visando o aumento da demanda com o lançamento da PNCiber

 A estimativa do Gartner é que os gastos com serviços de TI cresceram mundialmente 7,3% em 2023, e que, este ano, chegue a 10,4%, atingindo mais de US$ 1.5 milhão. Os principais motivadores desse crescimento é o acesso a recursos/tecnologias de ponta, inovação acelerada e experimentação rápida de novas soluções.

No Brasil esse cenário se repete, exigindo dos integradores reposicionamento para essa nova realidade. “Já em 2016 nos posicionamos como uma consultoria de TI com alto valor agregado, com uma grande capacidade técnica de entrega e atuando com mais de 10 marcas, entre elas a IBM”, explica o CEO do Grupo Qualität, Júlio Moretti.

Ao longo da trajetória de 20 anos nesse mercado, o Grupo se consolidou como especialista As a Service e em soluções de Automação Robótica de Processos (RPA), utilizando Inteligência Artificial muito antes de virar o hype atual.

O resultado dessa jornada foi que, em 2023, a operação de Serviços e Serviços Gerenciados cresceu 165%, comparado a 2022. “Foi uma transição forte, saindo de uma operação de vendas de Infraestrutura de TI para a operação de serviços de Infraestrutura e o desenvolvimento de soluções de automação de processos”, ressalta o executivo.

Entre os vários casos de sucesso implementados em 2023, Moretti ressalta dois que retratam a real demanda do mercado brasileiro. No primeiro, o Grupo assumiu toda a gestão de infraestrutura de TI de uma grande multinacional, que possui um ambiente de missão crítica SAP para Brasil e Argentina. Toda a infraestrutura de servidores (Unix, Backup, Armazenamento) está sob a responsabilidade da Qualität, com monitoramento 24x7.

“O outro caso foi a automação de processos, ao longo de 12 meses trabalhando arduamente com o time da TI de uma empresa nacional bilionária do ramo de saúde. O desafio era escalar as operações com o uso do RPA. O resultado veio no último trimestre de 2023, com a expansão do projeto com a implementação de um Squad de RPA, onde seremos responsáveis por levantar, mapear, desenvolver e sustentar toda a operação de RPA desse cliente”.

Alinhado à atual demanda por XaaS (tudo como serviço), o Grupo Qualität comemora o fato da sua área de serviços ser hoje totalmente autônoma da área de venda de produtos. “Esse novo posicionamento, que vem ocorrendo há 4 anos, nos permitiu em 2023 a captação de novos clientes em vários segmentos diferentes, como saúde, financeiro e indústria”, afirma Moretti.

 

Para este ano, o objetivo é continuar crescendo, pelo menos, dois dígitos a operação de Serviços. “Crescer 20% é totalmente factível, porque a tendência é ser um ano mais estável na política e na economia. Também abriremos uma nova frente, reforçando nosso portfólio de venda de soluções e serviços voltadas à segurança da informação”, explica o CEO.

 

Estratégia alinhada à recém-lançada Política Nacional de Cibersegurança (PNCiber), anunciada em 27 de dezembro/2023. O plano é incluir no portfólio soluções Anti-Ransonware, da Halcyon, e as soluções de Deep Freeze, MDM e Deploy, todas da Faronics. Além de encapsular mais ofertas de serviços para segurança e hiperautomação, ambas no modelo as a service, como já vem oferecendo na plataforma de gestão e monitoramento de ativos de TI, o Qcontrol.

 

“Acredito que um dos desafios deste ano é ajudar os clientes na conversão do hype em ROI. É importante entender que a Gen AI é importante nos processos, mas não faz milagres. É fundamental ter governança e maturidade para utilizar essas soluções para ter sucesso no projeto”.

 

Moretti acrescenta que a falta de mão de obra qualificada também pode gerar grandes gaps nas implementações nas empresas. “Na contratação As a Service, isso é eliminado da enorme lista de preocupações dos C-Levels”.

 

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF