Parceria Sino-Brasileira impulsiona setor logístico e comercial em Goiás

Secretário de Indústria e Comércio de Goiás, Joel Sant'Anna Braga, durante nova missão técnica à China (Foto: SIC)

Diversificação Econômica: do material cirúrgico à mineração, Goiás atrai investimentos chineses


O governo de Goiás concretizou uma série de acordos na China que prometem impulsionar diversos setores econômicos do estado, como mineração, material cirúrgico, aminoácidos e comércio internacional, após missão técnica liderada pelo secretário de Indústria e Comércio, Joel Sant'Anna Braga.

Uma comitiva goiana, chefiada pelo secretário de Indústria e Comércio, Joel Sant'Anna Braga, retornou da China com uma gama de parcerias firmadas que deverão alavancar a economia do estado. A missão técnica, que desembarcou no país asiático na última segunda-feira (10/06), fechou acordos estratégicos em áreas como mineração, material cirúrgico, aminoácidos e logística.

Um dos destaques foi o acordo entre o Porto Seco de Anápolis e o Porto de Xiongan, além de parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG) para implantação de uma unidade de medicina tradicional chinesa em Anápolis. Protocolos nas áreas de mineração, material cirúrgico e aminoácidos também foram assinados.

Na área de material cirúrgico, a gigante chinesa Zhonghong, maior indústria do setor no país asiático, firmou acordo para distribuição de seus produtos em Anápolis, utilizando o Porto Seco. A empresa, que fabrica 10 milhões de luvas por dia, além de seringas e catéteres, planeja expandir seu mercado no Brasil.

Outra conquista relevante foi a criação de uma unidade laboratorial de medicamentos da medicina tradicional chinesa em Anápolis, em parceria com a UFG e a iniciativa privada. O novo espaço integrará os conhecimentos tradicionais chineses com a pesquisa e inovação brasileiras.

No setor mineral, os representantes do governo estadual assinaram protocolo com a Associação Sino Brasileira de Mineração (ASBM), visando a execução do levantamento geofísico de Goiás, fortalecendo o setor com tecnologias avançadas.

A empresa Meihai, principal concorrente da Ajinomoto, está em negociações avançadas para instalar uma unidade de produção de aminoácidos em Goiás, diversificando a economia local com tecnologia de ponta para a indústria alimentícia.

Além disso, o estado iniciará a produção de açúcar IC 45 em Ipameri, destinado à exportação para a China, fortalecendo a economia agrícola e abrindo novas oportunidades de mercado para os produtores locais.

"Estamos extremamente satisfeitos com os acordos firmados, que diversificam e fortalecem nossa economia. O acordo entre o Porto Seco de Anápolis e o Porto de Xiongan abrirá novas fronteiras para o comércio internacional, consolidando Goiás como um hub logístico estratégico", ressaltou Joel Sant'Anna Braga Filho.

A delegação goiana ainda participará da Feira Internacional de Langfang, na China, neste domingo (16), promovendo o comércio e a cooperação econômica. Na segunda-feira (17), outra comitiva do laboratório goiano Geolab chegará a Xangai para negociações e participação na CPHI, a maior feira de medicamentos do mundo.

A missão técnica à China faz parte dos esforços iniciados pelo governador Ronaldo Caiado em novembro do ano passado, quando o chefe do Executivo foi ao país asiático para fortalecer as relações comerciais.

Técnicos Industriais

As parcerias firmadas na China representam um horizonte promissor para os técnicos industriais de diversas modalidades em Goiás. Com o avanço de investimentos em setores como mineração, material cirúrgico, aminoácidos e logística, a demanda por profissionais habilitados e capacitados para tarefas de projeto, automação, controle, manutenção e operação de toda a cadeia produtiva tende a crescer significativamente. 

Os técnicos industriais, com sua formação especializada, estarão preparados para assumir papéis estratégicos nessas novas frentes de desenvolvimento econômico, contribuindo com suas habilidades técnicas e expertise para garantir a eficiência e competitividade das operações industriais que deverão se instalar no estado nos próximos anos.
Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem