Com a finalidade de colaborar para a atualização e integração do segmento condominial na pessoa dos síndicos, subsíndicos, conselhos fiscal e de administração, condôminos, construtores, incorporadores, associações de moradores, conselhos comunitários, engenheiros, advogados, contadores, órgãos públicos, fornecedores, dentre outros interessados, a empresa LEO Produções e Serviços realizará nos dias 8, 9 e 10 de outubro deste ano mais um Encontro Nacional sobre Administração de Condomínios - ENACON 2013.  

A Administração de Brasília, por intermédio do Administrador Messias de Souza e do coordenador da Escola de Gestão Comunitária, Paulo Melo, apoiam a realização do ENACON 2013, pela importância dos temas a serem debatidos e os benefícios que podem ser revertidos para a comunidade condominial de Brasília.

O evento acontecerá no auditório da FEPECS, no SHN Quadra 501 Norte, cedido pela Administração de Brasília e FEPECS, e será composto por um ciclo de palestras sobre as questões que mais dificultam a gestão da organização denominada CONDOMÍNIO e de uma feira de produtos, serviços e apresentação de novas tecnologias voltadas a esse segmento.

Na ocasião serão apresentadas e distribuídas a 2a. edição da Cartilha “Dicas Úteis para Administração de Condomínios” e a 1a. edição da Cartilha “Dicas para a Boa Convivência em Condomínio”.

De acordo com uma das organizadoras do ENACON 2013, Sra. Leopoldina Colares, “o incentivo e apoio oferecidos pela Administração de Brasília será de grande importância para a realização do evento” falou a responsável pelo evento.

O coordenador da Escola de Gestão Comunitária Paulo Roberto Melo diz que “o ENACON 2013 é uma oportunidade para os síndicos e demais agrupamentos ligados a condomínios se atualizarem com relação as novas tecnologias” diz o coordenador.

O administrador Messias de Souza diz que eventos desta natureza são dignos de apoio, pela ajuda que oferecem aos síndicos na difícil missão de administrar seus condomínios. “O ENACON 2013 é uma conquista da população do Distrito Federal,  pois eu sei o quanto é difícil e estressante o papel dos administradores de condomínios", avalia o administrador.