Adriano Feitosa, João Gomes e Adelson Alves receberam alta depois de ficarem internados

Adriano Feitosa, João Gomes e Adelson Alves, respectivamente - Foto: Divulgação

Os colaboradores do Hospital Regional de Luziânia (HRL), no entorno de Brasília, iniciaram a primeira semana de agosto com uma ótima notícia: três pacientes completamente curados da Covid-19. Adriano Feitosa (37), João Gomes (53), ambos de Valparaíso, e Adelson Alves (69), de Luziânia, voltaram para o conforto de suas casas após tratamento na enfermaria da unidade hospitalar.

Os três foram aplaudidos no corredor do hospital pelos profissionais da saúde que os acompanharam durante o tratamento. Todos eles foram recepcionados pelas respectivas famílias que os aguardavam ansiosas do lado de fora do HRL.

Combate ao coronavírus

O Hospital Regional de Luziânia é referência no tratamento de Covid-19. Atualmente, a unidade conta com 14 leitos de UTI, completamente equipados com todos os aparelhos necessários para atender pessoas com síndrome respiratória aguda grave, tais como respiradores, monitores e bombas de infusão. Além da Unidade de Terapia Intensiva, o HRL possuí 31 leitos de enfermarias para acolher pacientes com o novo coronavírus. 

Sobre HRL

O Hospital Regional de Luziânia (HRL) começou a receber os primeiros pacientes com sintomas de Covid-19 no dia 20 de maio de 2020. Vieram transferidos pela central estadual de regulação de vagas do Estado de Goiás. Os leitos são ocupados gradualmente, a partir da avaliação diária e conjunta da direção com a Secretaria Estadual de Saúde.

Estadualizado, após passar oito anos em obras, o HRL foi o primeiro hospital do entorno do Distrito Federal dedicado a tratar pacientes com sintomas respiratórios agudos causados pelo novo coronavírus. Cerca de 1,2 milhão de pessoas, que moram na região, são beneficiadas pelo Hospital Regional de Luziânia.