A proposta institui uma campanha continuada de conscientização e de prevenção

Foto: Rogério Oliveira.

Na última segunda-feira (26), foi aprovada a Lei 6704/2020 de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos). A Lei institui a campanha continuada de conscientização e de prevenção da síndrome do pensamento acelerado do Distrito Federal.

A Síndrome do Pensamento Acelerado é uma alteração, onde a mente fica repleta de pensamentos, estando completamente cheia durante todo o tempo em que a pessoa está acordada. Essa condição dificulta a concentração, aumenta a ansiedade e desgasta a saúde física e mental.

O objetivo é realizar campanhas para conscientizar a população em toda a administração pública, dando prioridade às escolas, hospitais, ambulatórios e centros de saúde. E dessa forma, levar informações sobre os principais fatores que desencadeiam os sintomas e também sobre o tratamento.

“O cuidado com a saúde mental foi deixado de lado por um bom tempo, mas eu acredito que a informação certa pode ajudar a população a identificar e tratar males como esse”, disse Delmasso.