Unidades geridas pelo Imed em Goiás investe em capacitação de seus profissionais


Foto: Divulgação

No próximo dia 1º de abril, comemora-se o Dia Nacional da Segurança do Paciente. A data nacional visa conscientizar profissionais de saúde, pacientes e sociedade da necessidade de práticas seguras no serviço de saúde. Para a Organização Mundial da Saúde, o assunto é uma séria preocupação global de saúde pública.

Seguindo todos os protocolos de humanização e práticas seguras no atendimento ao paciente e seus familiares, as unidades de saúde geridas pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), em Goiás, estão constantemente aprimorando a capacitação de seus profissionais no que se refere ao tema.

Recentemente, as enfermeiras da Qualidade Janaina Guedes Coqueiro Saito, do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin), Amanda Luzia Cruvinel Caetano Silva, do Hospital Regional de São Luis de Montes Belos – Geraldo Landó (HRSLMB) e Ana Paula Souza Souto, do Hospital Regional de Luziânia participaram do 4º Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde.

O evento contou com palestrante nacionais e internacionais, que abordaram os mais diferentes temas voltados à qualidade e segurança do paciente, expondo as dificuldades e os avanços que vêm ocorrendo nessa área. Devido às normas mundiais de distanciamento e prevenção, o evento aconteceu de forma online.

A possibilidade de trocar experiências, aprimorar técnicas e conhecer novas tecnologias são os grandes aprendizados.  “Poder participar de um evento dessa grandeza é muito importante para nos mantermos atualizados e agradeço imensamente a oportunidade de participar dos três dias do evento. O seminário foi muito enriquecedor”, diz a enfermeira Janaina Saito.

Ana Paula Souza Souto, do Hospital Regional de Luziânia garante que o conhecimento adquirido durante o simpósio será um diferencial na aplicação dos métodos dentro da unidade. “Foi tudo muito enriquecedor, neste período pude conhecer novas técnicas sobre segurança do paciente e me aprofundar na acreditação da saúde”, conta.

A colaboradora Amanda Luiza Cruvinel levará o que aprendeu para a equipe de saúde do Hospital Regional de São Luis de Montes Belos. “O importante foi ter contato com uma tecnologia que está avançando rapidamente.  Agora vou levar o conhecimento obtido para todos em minha unidade”, diz.

Os desafios globais na área de Segurança do Paciente, segundo a OMS, são reduzir a infecção associada ao cuidado em saúde por meio de seis metas, sendo elas: identificação correta do paciente, comunicação efetiva, segurança na prescrição e administração de medicamentos, cirurgia segura, higienização correta das mãos e prevenção de danos decorrentes de quedas e úlceras de pressão.

No Brasil, as iniciativas são coordenadas pelo Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) do Ministério da Saúde. Os Hospitais de Urgência de Trindade (Hutrin), Regional de Luziânia, Regional de Formosa e Regional São Luís de Montes Belos seguem as metas determinadas pelo Programa e desenvolvem estratégias na assistência à saúde para promover melhorias constantes.

Foto: Divulgação


________________

Assessoria de Comunicação - Hospital Estadual de Urgências de Trindade (Hutrin)

Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br

Camila Braunas (62) 99538-5680 – camila@ecco.inf.br