Nesta sexta-feira (29) é comemorado o Dia Nacional do Livro, em função da data ter sido marcada pela fundação da Biblioteca Nacional do Brasil, no ano de 1810, no Rio de Janeiro. Aproveitando a ocasião, o Fort Atacadista realiza uma campanha pela doação de livros em bom estado, que podem ser depositados em caixas coletoras especiais que estarão em lojas de Santa Catarina e no Centro-Oeste (MT, MS e DF) até este domingo, dia 31. A iniciativa visa trazer mais visibilidade ao projeto Casinha da Leitura Fort, que consiste em casinhas de madeira – presentes nas 45 unidades do Fort Atacadista no País – onde os clientes podem pegar livros gratuitamente e também deixar as suas contribuições.


De acordo com o gerente nacional de marketing da rede, Gustavo Petry Custódio, “a campanha alusiva ao Dia Nacional do Livro servirá para estimular tanto os clientes como também os colaboradores, incentivando-os a doar livros que já tenham lido e que podem fazer a diferença na vida de outras pessoas”. No Distrito Federal a campanha estará ativa na loja de Ceilândia, que fica no Centro, Setor A CNN 1, Bloco C.


Biblioteca livre - 
A iniciativa do Casinha da Leitura Fort tem como inspiração um projeto que nasceu na cidade de Chapecó, no Oeste catarinense, pelas mãos da apaixonada por literatura Maria Cristina Breda Canal e seu marido, o marceneiro Irno Merlo. O projeto funciona através de uma casinha de madeira instalada logo na entrada das lojas do Fort, como uma biblioteca livre. O público em geral pode participar, fazendo doações de livros em bom estado e, claro, podendo retirar obras para a leitura. Para garantir o bem-estar de todos, todos os livros doados e depositados nas casinhas são higienizados.