Pista do autódromo é nivelada, e circuito terá curvas alteradas

Coordenadas pelo DER-DF, obras no espaço esportivo avançam em três frentes, entre essas, a construção de novas curvas no trajeto; novo kartódromo também será atração

Foto: Renato Alves.

O movimento de caminhões, máquinas compactadoras e acabadores de asfalto é grande no interior do Autódromo de Brasília. O tradicional palco do automobilismo candango está em plena reforma, de olho no retorno das grandes corridas e eventos à capital. No momento, a pista está sendo preparada para receber toneladas de massa asfáltica, além de outras melhorias. As obras, executadas por meio de um convênio entre a Terracap e o Banco de Brasília (BRB), são de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF).

Neste início de junho, o DER-DF trabalha em três frentes de intervenções: a alteração do traçado de três curvas para adequação às normas da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), a reconstrução do sistema de drenagem e o nivelamento de toda a pista para receber a camada asfáltica.

O presidente do DER-DF, Fauzi Nacfur Jr, informa que as mudanças trarão mais segurança e conforto tanto aos pilotos quanto ao público espectador

De acordo com o presidente do departamento, Fauzi Nacfur Jr, as mudanças trarão mais segurança e conforto tanto aos pilotos quanto ao público espectador: "A ideia é que o nosso autódromo fique com o que há de mais moderno em termos mundiais. Por exemplo, algumas arquibancadas que estavam localizadas em pontos de risco para o circuito foram tiradas, e as novas curvas estão sendo reformadas para atender ao que exige a FIA. As normas da federação vão se modificando, sendo atualizadas e estamos ajustando para ficar de acordo".

Três enormes máquinas acabadoras de asfalto se concentram na reta de chegada do autódromo. Segundo Fauzi, a aplicação do novo asfalto vai começar por ali. Na etapa anterior da obra, o espaço que reunia o paddock e os boxes havia sido demolido, assim como dois conjuntos de arquibancada na "Curva da Vitória" – uma medida para aumentar a área de escape para os pilotos e reduzir acidentes.

Um novo kartódromo e espaço para eventos
Gestor do Autódromo de Brasília pelos próximos 30 anos, o BRB terá os direitos de nome (naming rights) do espaço esportivo, a exemplo do que já ocorre com o Estádio Nacional Mané Garrincha e o Ginásio Nilson Nelson. E prepara uma série de mudanças no local, com uma proposta de torná-lo uma verdadeira arena multiuso.

"Vamos manter no foco principal o automobilismo, a motovelocidade, mas abrir o espaço também para práticas de outras modalidades esportivas que couberem ali. Trata-se de um espaço privilegiado, que também pode receber eventos e lazer", pontua o coordenador do projeto do autódromo pelo BRB, Gilson Daniel.

Nos planos, está incluso ainda a criação de um moderno kartódromo que vai substituir o atual. Segundo Gilson, o projeto está em fase de elaboração, mas seguirá também os padrões da entidade que coordena mundialmente a categoria – a FIA Karting.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF