Sigego promove palestra que antecipa tendências para a indústria gráfica

O Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de Goiás (Sigego) realizou um encontro com empresários e profissionais do setor para discutir as transformações, tendências e oportunidades para as indústrias gráficas. 

                                                               Foto: Wesley Santos
O evento, que aconteceu na Casa da Indústria, contou com a palestra de Igor Montenegro, CEO da Qualitatis Ltda, que abordou as tendências e oportunidades em um mundo em constante transformação.

Montenegro destacou duas grandes revoluções em andamento que estão moldando o mundo atualmente: a revolução digital e a revolução da biotecnologia. Ele ressaltou que a revolução digital está promovendo avanços significativos na conectividade, inteligência artificial e uso de dados, trazendo tanto progresso quanto desafios. Já a revolução da biotecnologia está impulsionando a inovação por meio de organismos vivos, com avanços na genômica, terapias farmacêuticas e diagnóstico preciso.

Para se preparar para as transformações em curso e as que virão, Montenegro identificou seis forças motrizes de transformação: tecnologia e conectividade, ambiente e clima, política e economia, social e humano, saúde e bem-estar, educação, negócios e empresas. Ele enfatizou a importância de as empresas se adaptarem a três megatendências: a transformação contínua do ambiente empresarial e novos modelos de negócios, a mentalidade empresarial de startups e novos modelos de atuação empresarial.

No contexto da indústria gráfica, Montenegro destacou que o setor continuará a desempenhar um papel importante na vida das pessoas, oferecendo serviços para marketing, relacionamento, logística e outros. No entanto, a forma de produção e entrega desses serviços deve passar por mudanças significativas, com uma ênfase crescente em serviços digitalizados. Ele incentivou os empresários do setor a abraçarem essas mudanças, criando novos modelos de negócios, produtos e serviços adaptados às necessidades e hábitos do mercado consumidor.

O presidente do Sigego, Marcos Antônio do Carmo, reconheceu que a indústria gráfica enfrenta desafios, especialmente relacionados à gestão e à adaptação a um mercado em rápida evolução. Ele enfatizou a importância de os empresários entenderem a dinâmica do mercado e se anteciparem às novas tendências. Carmo também destacou a necessidade de reinventar completamente os negócios para garantir a sobrevivência no setor.

O evento foi elogiado pelos participantes, que consideraram a palestra de Igor Montenegro extremamente relevante e motivadora para repensar o futuro de suas empresas. Além disso, Leopoldo Moreira Neto, presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), destacou a importância desse tipo de evento para o desenvolvimento e crescimento dos empresários no setor.

Em uma entrevista subsequente, Igor Montenegro abordou os desafios enfrentados pelo setor industrial em geral e enfatizou a importância de criar condições para a ambidestria corporativa, promover uma cultura ágil e uma estratégia adaptável. Ele também destacou a necessidade de se manter atualizado por meio de uma educação contínua e de promover a inovação impulsionada por tendências. Montenegro enfatizou que a tecnologia desempenha um papel fundamental nos negócios atualmente e discutiu as tendências tecnológicas que estão moldando o futuro.

Por fim, ele identificou cinco desafios relevantes para os empresários no setor industrial: criar condições para a ambidestria corporativa, promover uma cultura ágil e uma estratégia adaptável, estimular a educação híbrida e continuada da equipe e das lideranças, garantir que a empresa promova a inovação impulsionada por tendências e focar na centricidade nos clientes, no poder das marcas e na reputação. Montenegro enfatizou que os empresários podem encontrar oportunidades de crescimento nas áreas de transformação digital, negócios data driven, tecnologias exponenciais, trabalho híbrido e negócios de plataforma e ecossistema. Ele incentivou os empresários a adotarem uma abordagem orientada pelo propósito, ética, design inovador, empreendedorismo e protagonismo para se destacarem no

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF