Hospital Estadual de Luziânia (HEL) realiza primeira captação de órgãos para transplante

Unidade do Governo de Goiás realizou captação de rins e fígado de um doador de 24 anos que teve diagnóstico de morte encefálica


Captação de órgãos realizada pela primeira vez no HEL: corrida contra o tempo para salvar outras vidas - Foto: Pedro Santos.

O Hospital Estadual de Luziânia (HEL) realizou, na quinta-feira (25/01), a primeira captação de órgãos na unidade. A Gerência de Transplantes da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) organizou a captação de rins e fígado de um doador de 24 anos que teve diagnóstico de morte encefálica.

O procedimento foi realizado por médicos captadores de Goiás. A gerente assistencial do HEL, Ana Carolina Garcia, conta que a equipe multiprofissional ficou emocionada e ansiosa com a primeira captação realizada na unidade. “Eles organizaram um momento solene e de agradecimento para a família, que tomou essa nobre decisão, apesar do momento tão doloroso. Por isso é fundamental comunicar aos familiares o desejo da doação e promover campanhas para conscientizar a população”, disse.

Além do sim da família, a atuação rápida dos profissionais é fundamental para um processo bem-sucedido. “A decisão desencadeia uma corrida contra o tempo, com a atuação de uma equipe multiprofissional, que realiza a logística da cirurgia para que nada atrapalhe o sucesso da operação, que tem como foco principal salvar vidas”, afirmou Ana Carolina.

Unidade do Governo de Goiás, o Hospital Estadual de Luziânia conta com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar em procedimentos de captação de órgãos para assegurar o deslocamento dos órgãos com rapidez e segurança. “É o esforço de todos para prolongar vidas”, finaliza a gerente assistencial do HEL.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF