Segundo relatório apresentado ao Sindicato dos Servidores Públicos do Município, a prefeitura gastou exatos R$ 52.232.619,15 somente nos quatro primeiros meses deste ano. Este número mostra que a folha de pagamento gira em torno de R$ 13.058 milhões por mês e proporcionalmente pode ser considerada uma das maiores do país. 

Nossa reportagem falou no último dia 10 com o presidente do sindicato, Luiz Melo. Ele disse que depois do encontro com o prefeito Cristóvão Tormin (PSD) e de posse de documentos que comprovam o tamanho da folha de pagamento da prefeitura, foi parar no gabinete da promotoria pública. “É um absurdo uma folha de pagamento tão alta. Onde estão estes servidores?” indagou Luiz. 

Melo disse que nada justifica estes números. “É claro que não justifica elevar a folha sem concurso. É o fim da picada, não dá para entender, por isso procuramos o Ministério Público”.

Na conversa que teve com o sindicato, Cristóvão teria admitido que o valor da folha ultrapassa o limite autorizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Com isso, Tormim poderá virar alvo de um processo por improbidade administrativa.

Fonte: Redação.